Animação não é uma saída. É um recurso.

4 razões para usar animações como primeira opção na propaganda
29/05/2017
Postado em:
29
maio

É quase um acordo: se você tem um orçamento baixo ou uma ideia com execução quase impossível, recorre às animações. Mas esse é um recurso tão poderoso que reconsiderar o seu uso é extremamente importante. O uso de animações cresceu muito nos últimos anos – os motion graphics foram até considerados o futuro do marketing de conteúdo ali em 2013.

Nós adoramos os resultados divertidos e simpáticos que conseguimos utilizando animações. Por isso, listamos 4 motivos para usar animações na propaganda.

 

1. Chame atenção

Afinal, chamar atenção é o primeiro ponto do processo de comunicação mais conhecido. Aquele que se aprende nas primeiras semanas de faculdade.

Utilizando as cores, formas e movimentos corretos, o consumidor perceberá o produto ou marca com muito mais facilidade.

 

2. Crie o que você quiser

Você quer ter uma sereia morando em marte? Faça isso, então! Não existem limites quando você usa animações.

Dia desses a gente resolveu fazer uma luta entre telhas (sim, telhas de cobrir casas). Até cogitamos captar imagens, mas concordamos que o resultado jamais seria o mesmo que conseguiríamos com uma animação, já que daria a cara divertida e nonsense que o material pedia.

 

3. Conte histórias bem loucas

Ou bem simples e comuns.

Seja com uma animação realista ou com o estilo material design mais simplista que têm ganhado a publicidade nos últimos anos, as animações são capazes de criar absolutamente tudo. Pode ser um filme do Harry Potter ou um texto que se desintegra e ganha a forma que a imaginação do roteirista pedir.

 

4. Explique coisas com categoria

Tem uma promoção com um funcionamento específico? Ou é um novo produto ou serviço que precisa ser entendido pelo consumidor? Faça as coisas se tornarem simples com animações fluidas e leves.
Você também pode criar infográficos, tabelas, gráficos animados ou qualquer outra coisa explicativa. Sério. Qualquer coisa.

 

Alguns pontos importantes a considerar

  1. Animações não são, necessariamente, mais baratas que filmes captados;
  2. Animações não são uma saída para a falta de prazo de produção;
  3. Animações são ferramentas poderosas, mas podem ser perigosas. Vai com calma, mas vai fundo. Entendeu?

Então, seja lá o que você está imaginando, considere uma animação na sua próxima produção, vai que você se surpreende, não é?

 

Aí embaixo você confere mais algumas animações que a gente fez por aqui e, modéstia a parte, ficaram muito bacanas.