Descubra 5 razões porque sua empresa deve investir em mídias sociais

Reunimos 5 razões que vão te mostrar que sua empresa precisa investir em mídias sociais agora mesmo.
25/04/2018
Postado em:
25
abr

Toda empresa que tem um departamento de marketing formado por, no mínimo, uma pessoa, sabe da importância de comunicar com criatividade e estar presente naquelas mídias que fazem sentido para a empresa, por isso listamos 5 motivos para sua empresa investir em mídias sociais.

 

1. Custo-benefício

Só pra começar, você não precisa pagar para ter sua página nas redes sociais, mas não se engane, isso não é suficiente. É preciso um bom planejamento e, antes de tudo, conhecer as funções e ferramentas que as plataformas oferecem. Um dos erros mais comuns que vemos em nossas timelines são posts que vão contra algumas diretrizes e recomendações mais básicas da internet, como excesso de texto, por exemplo.

Um bom post patrocinado é capaz de trazer muitas vantagens para a sua empresa. Além de impulsionar muito o alcance do conteúdo, essa ferramenta permite que você alcance as pessoas certas. Em tese, uma campanha de envolvimento com duração de 6 dias e R$ 50,00 de orçamento vitalício, poderia alcançar até 5 mil pessoas por dia, um total de 30 mil impressões ao fim da campanha, tendo um valor abaixo de R$ 0,01 por envolvimento. Você pode pensar que esse número não é tão alto se comparado a outras mídias, mas nós falaremos disso ao longo deste artigo.

 

Em simulação, alcançamos bons números de clientes em potencial alcançados.

 

2. Análise de Dados

Quando você recebe o mídia kit de um veículo tradicional, recebe junto alguns dados interessantes. Os alcances são realmente muito altos e essas mídias fazem muito sentido para diversas empresas. Entretanto, além do alto custo de veiculação, você não tem muito como medir o impacto real causado por seu anúncio, nem mesmo conhecer os detalhes e informações relevantes para possíveis alterações estratégicas.

Já nas mídias sociais, é possível emitir inúmeros formatos de relatórios de absolutamente todas as campanhas veiculadas, além de ter acesso a dados públicos muito relevantes, como comportamentais, demográficos e muito mais.

 

3. Maior Alcance = mais conversões

Segundo uma pesquisa feita pela Rock Content em 2016, empresas com que não tiveram nenhum compartilhamento em seus posts, tiveram 390 visitas na loja em um determinado período, enquanto empresas que tiveram seus posts compartilhados mais de 50 vezes, tiveram mais de 550 visitas no mesmo período.

E como eles conseguiram tantos compartilhamentos? Mostrando o conteúdo para a pessoa certa.

 

4. Qualidade do Conteúdo

Falamos anteriormente sobre o baixo custo por visualização ou envolvimento, análise de dados e a relação entre alcance e conversões, e tudo isso tem a ver com a qualidade de conteúdo.

Uma coisa é certa: as pessoas não querem ver anúncios em suas timelines. Então, o que faz com que elas interajam ou ao menos deem atenção a um post comercial? O conteúdo interessante. E, para ficar ainda mais simples, vamos pensar juntos:

Uma garota chamada Letícia se formando na universidade e precisa do vestido ideal. Sua primeira atitude, sem dúvida alguma, é buscar referências na internet, tanto em um buscador quanto em redes sociais. Neste caso, usaremos o Instagram como exemplo (porque mídias sociais não são apenas Facebook, ok gente?).

É sabido que a grande maioria dos usuários do Instagram tendem a dar mais atenção a fotos que layouts com muitos elementos gráficos e, principalmente, textos. Então, se o conteúdo do seu anúncio tiver uma foto bem bonita de um vestido de festa em um cenário legal, é muito mais provável que Letícia dará atenção a ele. Simples assim.

 

5. Mais acertos no Público-alvo

Na simulação que fizemos no item 1, o público potencial do anúncio era de 190 mil pessoas. Bastante, né? Sim, mas será que toda essa gente é alvo da sua marca?

Uma das primeiras etapas de um plano de negócios é a pesquisa e delimitação dos públicos alvo e consumidor, e eles serão a base para todos os movimentos feitos pela empresa, pois dirão em que mídias a empresa deve estar presente, os formatos, identidade visual e verbal ideais para a marca, entre outras coisas.

Se pensarmos nas possibilidades que temos com uma boa Análise de Dados (falamos no item 2), sabemos exatamente quem está reagindo positivamente ao anúncio, assim é possível fazer alterações na segmentação ou até mesmo pivotar a estratégia da marca nas mídias sociais ou até mesmo off-line.

 

Trocando em miúdos, em uma campanha em mídias sociais, podemos atingir menos pessoas, mas serão as pessoas certas, aumentando a relação entre alcance e conversão em compra.

 

Essas são apenas algumas dicas e motivos para investir em mídias sociais, mas as plataformas permitem ainda mais possibilidades, que exigem muito estudo e conhecimento na área.

 

E aí, que tal impulsionar sua presença nas mídias sociais? Fale conosco e vamos juntos espalhar suas ideias por aí.

 

#EspalheIdeias